Elas, as preciosas… palavras

Palavras, palavras, palavras… Belas ou não tão belas, engraçadas ou agressivas, de cumprimento, de insatisfação ou de gratidão, de alegria, de louvor ou ofensivas. Curtas ou longuíssimas. No italiano, como nas demais línguas, elas são incontáveis e cada uma delas, a seu modo, é preciosa. Elas nos ensinam, nos fazem refletir, nos transformam. O poder das palavras é inquestionável. Elas criam, constroem e destroem. Caracterizam um povo e vão além das fronteiras das nações, voam, e frequentemente são adotadas em terras estrangeiras. Desse modo, elas nos surpreendem de maneira agradável quando durante uma visita a um país distante nossos olhos alcançam algo que nos parece familiar. No Barra Shopping, no Rio de Janeiro, encontramos apetitosas palavras italianas como Gelato Naturalmente Italiano.

palavras-italianas-usadas-no-exterior

Em certas situações é o conhecimento do português a fazer sorrir. Aconteceu comigo quando vislumbrei escrito em letras garrafais Bar XIXI, indicando um bar em Veneza. Eu não o recomendo! Seria por acaso um número romano XI XI (11-11) ou (X+IX+I =20)? Uhmi! Geralmente os números romanos não são escritos assim. Talvez a intenção do proprietário tenha sido ser irônico ou irreverente. O fato é que o sorriso me surgiu espontâneo e acredito que o mesmo teria acontecido ao visitante italiano que ao chegar no Brasil se deparasse com o Bar PIPI. Acredito ainda que tal visitante também ficaria perplexo ao ler “Fica* aberta 24 horas” no letreiro da farmácia, por exemplo. Me pergunto se qualquer hesitação, por menor que seja, com relação às intenções da bela atendente, não teria pairado sobre o seu espírito. O que você acha? *fica = registro coloquial na Itália para designar genitália feminina.

O italiano no mundo

Palavras e expressões italianas respondem sempre “presente” mundo afora e não se trata somente das grandes marcas do setor da moda. Certamente, pizza, pasta, vino [vinho] e gelato [sorvete] têm uma grande difusão. Na China encontramos sorveterias, como ‘Le Creme di Milano’ que  trazem exposto na vitrine “100% gelato italiano“. Também nos Estados Unidos e na Inglaterra a lista é longa: ‘Caffè Opera’ e ‘Il Fornaio’ são apenas outros exemplos.

palestra-italiaO Brasil por sua vez foi invadido por palavras italianas.  Acredito que um italiano no Rio de Janeiro poderia se sentir em casa. Ele poderia morar no condomínio ‘Riviera dei Fiori’, tomar café da manhã no ‘Quadrifoglio Caffè’, fazer compras no ‘Città America’, almoçar no restaurante ‘Fratelli’, comprar sorvete no ‘Bacio di Latte’, roupas no ‘7Camicie’, ‘Tutto Bianco’ ou ‘Via Veneto’, sapatos na ‘Andarella”, jantar nos restaurantes ‘Fiammetta’ ou ‘Pecorino’ e, por fim, ir se divertir no ‘Dolce Vita’. E, caso sentisse vontade de ver uma partida de futebol no domingo, poderia ir ao estádio Palestra Italia em São Paulo torcer para o Palmeiras, que em suas origens era chamado ‘Palestra Itália’. Desse modo, nosso visitante italiano poderia passar o dia tranquilamente com a ilusão de estar na península tricolor. Além de ser a língua oficial da música, o italiano tem demonstrado ser uma das línguas mais visíveis no setor comercial.

Palavras italianas: as minhas preferidas

Pizza, cappuccino, spaghetti são as palavras mais usadas na União Europeia de acordo com uma investigação feita pela Società Dante Alighieri. Casualmente ou não, são todas palavras pertencentes à cozinha italiana. Outras come dolce vita e expresso (do italiano espresso) são também conhecidas e apreciadas, tendo sido votadas pelos 27 países da União Europeia (notícia veiculada pelo Il Giornale.it). Eu também tenho as minhas palavras italianas preferidas. Além de pizza e cappuccino, algumas são particularmente especiais para mim, seja pela sonoridade, significado ou porque me trazem lembranças.

palavras-italianas-pizza

”Arrivederci-socchiuso-ormai-allora-sconvolto” e as expressões “Per bacco!-Figurati!-Boh!-Bravo!-Mamma mia!-Porca miseria!-Ciao bella!” fazem parte do vocabulário coloquial do italiano.

Socchiuso‘ [entreaberto], envolve uma aura de mistério a ser revelado. Os olhos entreabertos, que pensamentos escondem; a porta entreaberta, o que existe entre sombras e luzes vislumbradas ao seu interno? Sim, sou curiosa e o mistério me atrai.
‘Ormai‘ [a esse ponto/a essa altura dos acontecimentos] é a palavra que conclui, que coloca um ponto final em uma história, com um quê de resignação, provoca um pouco de tristeza ou de alívio, dependendo daquilo que foi deixado para trás.
‘Allora’ [então…],  parece pedir sempre uma explicação a mais; é um querer saber além do que já foi dito.
‘Sconvolgere’ [desconcertar], não existe nada mais atraente do que um sorriso ou um olhar desconcertante; é agradável ser desconcertada dessa maneira.

E agora, as expressões:
‘Perbacco!’  Essa é especial para mim porque me traz antigas lembranças e me faz sentir vontade de vinho, italiano é obvio!
Que linda a expressão ‘figurati!’ quando sai do coração para dizer: “é um prazer ajudá-lo, fazer isso por você, não precisa agradecer!”.
‘Boh!’ é pequena mas significativa. Essas três letras compreendem “eu não entendo”, “não tenho a menor ideia” e também “tô nem aí!”.
E ‘Bravo!’? Que expressão linda, não é verdade? Quando somos nós a pronunciá-la ou a senti-la, quando apreciamos ou somos apreciados por algo que fizemos ou, ainda, quando vemos explodir os aplausos em um concerto. Bravo! É lindíssima!
‘Mamma mia!’, é de longe a expressão mais italiana que conheço e ninguém é capaz de pronunciá-la como um  italiano nativo.
‘Porca miseria!’ me traz em mente a minha vó quando a dizia… porca miséria, devo terminar este post porque é hora de preparar o jantar.

Ciao belli!!!
?
‘Arrivederci'[até breve]?
‘Arrivederci!!!!’… ca.sildis, tinha saltado essa! Essa é uma expressão de despedida entre pessoas que se separam com a esperança que irão se rever. Ganha maior expressividade quando dita a alguém querido que se vai por um período longo, ou incerto. Nesse caso, sustenta o peso e a força de um adeus e, para mim, da saudade, vocábulo da nossa língua portuguesa derivante de ‘soledade’, solidão. Saudade é uma palavra que transcende o sentido de nostalgia pelo distanciamento de alguém, transpondo o limiar da espiritualidade.

E por falar na língua portuguesa, é simpático quando os italianos, ingleses ou americanos para nos agradar tentam, não sem dificuldades, articular algumas palavras do nosso vocabulário e, nesse caso, ‘saudade’ é quase sempre a primeira, ou única, que conhecem. Saudade é uma palavra mágica em português.

Ahhhh! …o assado!
Tchau! ciaoooo!!!

Bar XIXI fonte-termal-boiola
O Bar XIXI em Veneza e a Fonte Termal Boiola em Sirmione rapidamente capturam o olhar do visitante brasileiro. No português falado no  Brasil, XIXI  (ou chichi, em Portugal) quer dizer urina e BOIOLA (ou paneleiro, em Portugal) gay, homossexual.

Quais palavras que você mais gosta?

Deixe seu comentário.

ENTRE EM CONTATO | CLIQUE AQUI

 

Deixe uma resposta